Joana Prado, mulher de Vitor Belfort, ficou chocada com a lesão gravíssima sofrida por Anderson Silva no UFC 168, na madrugada deste domingo, em Las Vegas. Joana, porém, acabou sendo surpreendida por uma controvérsia inesperada: uma imagem sua fotografando a saída do ex-campeão do octógono numa maca, gritando de dor, se espalhou pelas redes sociais e motivou críticas de muitos torcedores à sua postura. Na manhã deste domingo, Joana explicou a cena e lamentou estar sendo criticada, já que não postou as imagens de seu celular. Ela mandou uma mensagem desejando melhoras para o atleta.

Veja a nota:

“Gostaria de dizer q estou muito triste com os comentários maldosos sobre as fotos que tirei de Anderson Silva no momento em que ele saía do octógono. Nunca postei foto alguma dele e jamais postarei. A intenção nunca foi essa”, escreveu Joana em seu perfil no Twitter. “Estava apenas registrando um momento marcante como diversas pessoas na arena também estavam registrando. Desejo boa sorte para o atleta. Vivo junto com meu marido o sofrimento do dia-a-dia, portanto todo mundo que me conhece sabe do respeito que tenho por todos os lutadores, sem exceção, e que torço para que todos brilhem. Anderson, eu e o Vitor estaremos orando por vc. Boa recuperação! Força!” Depois da luta, Belfort apareceu na entrevista coletiva dos atletas e desafiou Weidman. O combate está confirmado por Dana White, mas ainda não tem data nem local para acontecer. Se muitos fãs criticaram Joana, outros tantos usaram as redes sociais para pedir que Vitor derrote Weidman e devolva o cinturão ao Brasil. O ex-campeão Anderson Silva segue internado em um hospital de Las Vegas, se recuperando da cirurgia a que foi submetido logo depois do combate.

Fonte: veja